Baterias. Conceitos básicos e gerais.

A bateria fornecida de fábrica com a câmera (somente para câmeras consumer e semiprofissionais) normalmente é a de menor capacidade dentre os modelos disponíveis. Adquira junto com a câmera também outra bateria. Se possível, a de maior capacidade fornecida pelo fabricante.

A Bateria reserva é necessário, porém fácil de ser esquecida. Levar sempre em gravações externas carga suficiente de reserva para efetuar pelo menos o dobro do tempo previsto para duração da gravação. Podem ser baterias sobressalentes ou uma bateria com grande capacidade de armazenamento - neste caso a dica muda para "verifique se a bateria possui carga suficiente...". Além disso, em locais remotos e de difícil acesso a recursos, ainda que a bateria principal possua carga mais do que suficiente, uma outra de reserva, mesmo que com menor capacidade, é uma segurança a mais... um acidente com a principal (queda por exemplo) poderá danificá-la.

Para viagens aéreas, convém para poupar tempo levar junto com a câmera (que normalmente é levada na bagagem de mão) pelo menos uma bateria carregada. Pode ser solicitado que a câmera seja ligada, para comprovar tratar-se realmente de uma câmera. Além disso a maioria das baterias e principalmente as de fabricação da Energia possuem menos de 25g de Íon de Lítio ou de seus agregados e portanto estão em acordo com os regulamentos da International Air Transport Association – IATA, publicados no Travel Agent's Handbook – Resolution 810c Edition , válido a partir de 01 de janeiro de 2007.

Portanto as mesmas podem ser carregadas nas próprias camcorders como indicado acima e até duas (2) baterias extras ( spare ) podem ser transportadas em bagagem de mão ( carry-on baggage ) desde que embaladas individualmente e protegidas contra curto-circuito. Bateria de moto ainda é muito usada em nosso meio para alimentação de iluminação e alguns até mesmo a usam para alimentação de câmeras. Porém sua composição de óxido de chumbo e ácido sulfúrico dificulta as liberações de transporte pelas companhias aéreas por receio de vazamento e acidentes. Em se tratando de baterias o engano ao pensarem que estão transportando este tipo de bateria é freqüente. O procedimento acima pode evitar constrangimentos caso sejam barrados por transportar baterias.

Nas condições e quantidades acima descritas, as baterias não necessitam de aprovação especial da companhia aérea. (exceto as de moto)

 

Células - As mais comuns do meio profissional.

Níquel-cádmio (NiCd) inventada nos anos 1900. Vantagens: potencial energético maior do que o da de chumbo-ácido, o que faz com que seja de 20 a 50% mais leve do que aquela, proporcionando um tempo de utilização superior para o mesmo peso. Não sofre queda de voltagem durante a utilização. Desvantagens: custo mais alto do que o da de chumbo-ácido, efeito memória e muito tóxica para o meio ambiente (devido ao metal cádmio). Além disto, este tipo de bateria sofre mais com extremos de temperatura, descarregando-se muito rapidamente em temperaturas muito baixas e não se carregando totalmente em temperaturas muito elevadas.
Alguns fabricantes comercializam carregadores rápidos, porém somente baterias projetadas para sofrer este processo devem ser utilizadas nos mesmos (este tipo de bateria tende a aquecer-se mais do que os outros durante o processo de carga, principalmente em processo de carga rápida, gerando gases internamente que podem acarretar a explosão da mesma se não for do tipo projetada especificamente para este fim) . Para prolongar seu tempo de vida útil, devem ser armazenadas descarregadas (não totalmente).

Níquel-metal-hidreto (NiMH)
possui algumas vantagens em relação aos outros tipos: resiste a um número maior de cargas/descargas em sua vida útil do que as de NiCd, possuindo um potencial energético ligeiramente superior a estas (20% em média); ainda em comparação com as de NiCd, possui custo apenas ligeiramente superior, tempo de recarga inferior e maior resistência a variações de temperatura. Tem praticamente o mesmo peso que as de NiCd. Desvantagem: custo superior ao das de níquel-cádmio.

Lítion-íon (Li+)
popularizada com o advento de micro circuitos eletrônicos utilizados em relógios, jogos, etc... Vantagens: destaca-se entre os demais tipos por descarregar-se muito lentamente quando armazenada carregada (em média 10% ao mês), e pelo tempo de recarga baixo. Entre os outros tipos, são as mais leves. Oferecem cerca do dobro da capacidade de uma bateria do tipo NiMH com o mesmo tamanho. O tempo de recarga também é o mais rápido quando comparado aos demais tipos. Desvantagem: custo alto. É o tipo mais utilizado atualmente.

 

<< - - VOLTAR PARA DICAS